Chega a um ponto em que já não quero escrever

Mas nada, absolutamente nada, chega o ponto em que seca meu cérebro por completo e toda essa genialidade, faísca e brilho se dissipa, como se em vez de ter um QI de 128 pontos fora apenas de 60, sem cultura, sem talento e sem ideias, jajajajaja, daquelas vezes que só terminou com a combinação de caracteres, a vil wa, daquelas vezes que só digo estupidez e coisas óbvias que até um macaco poderia ver, e não, não é engraçado esse bloco criativo que inevitavelmente chega depois de 5 horas de digitação.
A menos é claro, que me forcé 15 minutos depois de 5 horas a escrever e então volte a minha toda a sapiência, idéias e histórias que me caracterizam, gogeta, eu e outra de minhas queixas pendejas, mas eu juro que isso, os trabalhos intelectuais que requerem o cérebro, a criatividade e o engenho para escrever em não menos de 500 caracteres, mas não mais de 999 uma ideia criativa e original, torna-se um dos trabalhos mais difíceis do mundo. Isso de ser escritor e contar algo ao leitor de uma forma inteligente, eloquente e divertida, torna-se um desafio, um muito difícil que depois de algumas horas torna-se mais complexo e complicado, mas claro, isso é como desvelarse e existe um ponto, um limite em que é muito fácil deixar de dormir.
Quando você tem entre 3 e 4 horas, por isso sente o cansaço extremo, mas quando você chegar às 5 ou 6 horas, se torna tão fácil estar desperto que já nem se dá conta que você dormindo, porque assim o mero isso acontece de escrever, em um ponto pode ser que você já sabe que não tem nada, absolutamente nada o que dizer, mas quanto mais você digita descobrir que, afinal, ainda existem coisas que não foram ditas.
Pode ser difícil isso de escrever, mas quando você gosta de fazê-lo, até mesmo escrever sobre temas impostos por algum editor é relativamente simples e você só precisa de uma ideia, fontes e experiências de vida para que os caracteres se sobraram. O único que você tem que fazer é superar esse nível e vencer a preguiça mental, digo, no meu caso, sempre que estou em frente ao monitor, a ponto de escrever, meu cérebro é colocado em modo de rebelde e que se recusa a fazê-lo, tanto que, às vezes, quando estou em plena convicção de escrever o livro e os artigos do blog, eu só posso pensar que não tenho nada que dizer, já não quero fazê-lo e que eu tenho que distraerme alguns minutos com algo mais, assim que a cada dia se torna mais difícil, por não dizer impossível isso de escrever. Isto de ser escritor é muito complicado e, obviamente, o salário não ajuda, jajajajajajajaja, a menos que o tragas sangue e se nesta vida é que nasceste para escrever, nada nem ninguém o pode impedir, muito menos bloqueios criativos, preguiça mental ou levar 7 horas contínuas, escrevendo, simplesmente, as palavras fluem com tanta rapidez e com maior qualidade do que quando começaram.
Sobrepasadas as cinco horas, longe de estar parado apenas estas aquecer os motores e pronto para escrever sobre qualquer coisa, desde coisas que você gosta e gosta de temas mais complexos e elaborados.
Realmente não me custa nada passar 10 horas sentada em uma cadeira, escrevendo, de fato essa é a minha visão do paraíso e a melhor maneira de passar o tempo, escrevendo, porque eu amo fazer isso.
Chega a um ponto em que já não quero escrever

Category: Uncategorized

Há que esconder a evidência, agora mesmo

Me sinto em um daqueles filmes altura podia ser considerado americanos em que os pais vão-se um fim-de-semana e o filho, o estúpido filho planeja uma pequena reunião com os amigos, o que acaba se tornando um caos, a casa está destruída, e a louça da china de mama foi feita pedaços, existem coisas de duvidosa procedência na cama do quarto principal, os vestígios de uma noite épica, divertida, louca, caótica que se transforma em uma prisão domiciliar, de sua parte, mmmmm, esperem, isso soa o filme Projeto X e não foi dos anos oitenta, mas isto não é um filme, e acabou de me passar.
Oh raios!
Há que esconder a evidência, agora mesmo

Category: Uncategorized

5 frases que farão muito para o seu parceiro

E aqui há que fazer uma clara e lógica explicação, obviamente. Uma coisa é dizer algo tão, mas tão provocador que fará com que seu parceiro reage em uma série interminável de discussões, não, correção, argumentações. Porque você sabe, quando alguém diz algo que merece replica, isso não é afã de raiva ou briga, é uma argumentação entre duas pessoas supostamente inteligentes, que, supostamente, se querem muito. E esse certamente é o ideal, em um mundo ideal não existe.
Por outro lado, a outra coisa é ter um caráter emputafacil, se for esse o caso, qualquer coisa vai muito para o parceiro, mas essa já é onda de seu parceiro, o pior é nada, namorado, namorada, ou como quiser chamá-lo.
No entanto não se esqueça que, às vezes, há certas frases, palavras específicas que ativam uma bomba nuclear em seu parceiro, tanto homens como mulheres temos essas orações muito particulares que nos fazem raiva, e bem, quando se conhece de maneiras muito íntimas a uma pessoa, rapidamente se torna de domínio público, quais são essas coisas que fazem com raiva para o seu parceiro.
E há certas frases que são como que por magia, por exemplo, dizer ao seu parceiro, não importa que seja homem ou mulher, quando você diz “calminha”, no momento em que começa a ficar com raiva, essa é a típica frase que desencadeia a fúria mais cruel e selvagem de uma pessoa. Mas claro que há que se lembrar que cada pessoa tem de forma peculiar e particular, frases, palavras, orações muito específicas que, de forma pessoal está muito chato.
A mim pessoalmente me retecaga e me faz raiva de 1 a 3 na escala de 5 que me digam “campeã”, mas isso é algo muito meu, para outros pode ser uma palavra absurda, mas a mim faz-me louco. Da mesma forma que me faz enfurecer a mão-de-like que você pode enviar pelo chat do Facebook, não sei, me parece a versão digital de “humm com sua vida”, uma forma muito descarada para dizer “me vale sua vida” oh, bem, bem sinto eu, o significado dessa pequena mão de like, assim que eu sempre acabo dizendo que me colocam essa manita que não o façam, porque me parece rude, e muito mais quando pedi que não se faça. Essa é a maneira mais fácil de me deixar com raiva e sem palavras.
Isso pode desencadear minha fúria de uma maneira terrível, mas, repito, eu sou eu, e essas características que eu acho irritante, para os outros não o são. Felizmente para ninguém no mundo, gogeta, tem que aguentar o meu caráter porque o casal não tenho. MMMMMM, interessante, talvez essa seja a razão pela qual eu não tenho namorado, pode ser que tenha que ver com o fato de que eu sou muito difícil e explosivo, mas vamos lá, todos nós temos nossas manias, defeitos e coisas estranhas que não admitimos.
A piada está em ter um manual de convivência para que os outros não nos façam com raiva, com essas frases que emputan, como calminha, isso se você colocar estas em seus dias, como que essas subir de peso, jajajajajajajaja, que, por certo, os homens também exploram de maneira irracional com certas frases, por isso hoje te trago as 5 frases que farão muito para o seu parceiro de forma irracional, em tempo recorde, para que se satisfaça a sua amada, terão que viver uma sessão rudá de sexo selvagem e incontrolável de reconciliação, digo, não há nada que diga “eu te perdoo” ou “me perdoe” que uma foda selvagem. E esse dado está cientificamente comprovado por esses casais que vivem brigando e vivem de sexo incrível.
Agora isso é interessante, talvez essas 5 frases que farão muito para o seu parceiro sejam a chave mágica para ter relações sexuais incríveis, jajajajajajajajaja, mas não importa o quão divertido seja isso, não há que esquecer que essas brigas, rancores e batalhas corroem o carinho.
Eu acho que tudo é uma questão de respeito, de ceder, de entender a outra pessoa e respeitá-la e se ela caga que lhe diga algo, pode ser que o melhor evitar, mas sim, não altere ou deixe de ser você, porque você não quer perder alguém, lembre-se que não há que estar com uma pessoa que aprecia os nossos defeitos, mas uma que você gosta.
5 frases que farão muito para o seu parceiro

Category: Uncategorized

Porque é tão importante não é estar sozinho

Estar sozinho na atualidade e, principalmente, em datas importantes, é sinônimo de muitas coisas ruins, começando com piadas de todos os tipos que se tornam sérias dúvidas sobre a estabilidade emocional e mental de uma pessoa.
Porque é tão importante não é estar sozinho

Category: Uncategorized

Estão Me extorquindo

Deus que eu nunca pensei ser vítima de uma extorsão. Como poderia ter me acontecido isto a mim? se eu sou a senhorita seriedade, como é possível que a estas alturas da minha vida, a mis31 anos me estão chantageando. O que eu faço? Esta impotência que sinto é frustrante, como alguém pode ameaçar tão impunemente meu estilo de vida relaxado, sem se importar com a minha tranquilidade e a angústia que me está enviando.
Maldição 31 anos de retidão manchado por algumas horas de diversão, porque tudo o engraçado é ilegal ou moralmente reprochable, ah e também engorda. Estão Me extorquindo
O que eu faço?, que se faz em casos de extorsão e chantagem, HUMMM, se eu tivesse dado atenção às notícias que ajudam, bom, então, que oferecem dicas para lidar com este tipo de inconvenientes. MTA, até a internet está me falhando, ninguém lhe diz como ser bem sucedido em frente a uma chantagem, ninguém diz nada. Será que a solução é contratar um valentão para que desapareça o desalmado extorsionador, mas pode ser que depois o bandido, ou alguém, lhe chantajeen por algo mais incriminador, oh, maldita seja!, já comecei a divagar novamente com soluções estúpidas que só me fazem fantasiar idioteces e me afastam da verdadeira solução.
Acho que o melhor nesses casos é desaparecer e começar uma nova vida do zero, em um lugar tranquilo onde ninguém me conheça e possa saber meu segredo sujo e turvo passado. Esperem um momento, só foi uma vez e não foi grande coisa. Por que me afastar da vida que tanto quero, total lhe dou o seu dinheiro e que se vá para o matagal, mas, que tal não acontece assim e pela vida pretende tirar benefícios económicos, que tal?
Será que eu tenho que pendurar e fazer a ligação ao 080, ou é 060, acho que é 080. (Bem Yesica, isso é tudo, nem mesmo sabe onde você tem que ligar para pedir ajuda, não sabe o que fazer, nem que seja, e muito menos falar sobre seu sujo secretito.) OK, eu acho que é o 080, não, não, é o número de telefone 060. Mas, em primeiro lugar, não está me extorquindo um desconhecido por telefone, noooooo, descartada a opção de fazer a ligação primeiro ao 080 e, em seguida, ao 060.
Eu acho que diria.
Estão Me extorquindo

Category: Uncategorized

Quando alguém se lembra de ti

Líquida, eu juro que, hoje, todos se lembraram de mim, mas não só se lembraram, também se manifestaram como uma espécie de fantasma do passado que se projeta no presente para lembrá-lo de tempos melhores, amizades esquecidas e conversas empolvadas.
A isso eu chamo cósmico, mais do que coincidência ou acaso, quando alguém se lembra de você, sem motivo, sem razão e sem que você tivesse pensando nessa pessoa, de repente, você é a lembrança de todos, e não apenas uma lembrança, mas uma ação através de uma ligação, uma mensagem ou um email, que é cósmico.
E não me fiquem confusos ou tomem por ingrata, realmente agradeço muito quando alguém se lembra de mim, isso quer dizer que cumpri meu papel e a minha existência não passa despercebida e algo de mim, permanece em pessoas que eu conheço, algo poderoso o suficiente para que um dia se torne a ação de ligar ou mandar uma mensagem.
Quando alguém se lembra de ti

Category: Uncategorized

Quando omites um dado é, quando todos querem saber

Mas sério, é ilógico e quando você não quer que ninguém descubra, mesmo quando você tem que ignorar um dado classificado de uma conversação escrita, oral ou de um documento, é quando mais à vontade, as pessoas querem saber isso que você não queria contar, isso que ignorou deliberadamente em sua palestra e falou “esse dado não deve saber”, é quando as pessoas mais querem saber aquele que não quer contar.
Sem importar que seja bobo, que seja algo irrelevante ou sem importância, mesmo quando não se quer mencionar algo talvez porque te incomodo, e se lembrar dele faz você se sentir desconfortável, simplesmente por que não o dizes, é nesse momento em que a outra pessoa entra em modo curiosidade e tem uma intensa vontade de conhecer o dado misterioso da conversa, isso é o que não quer conversar e a conversa só girará em torno aquilo que não quer que se saiba, algo como:
Quando omites um dado é, quando todos querem saber

Category: Uncategorized

Por que ninguém ouve minhas histórias?

Ok, talvez tantos anos de dar choros, dar muitas voltas ao assunto, tantas horas de divague e se conectar muitas idéias em um mesmo fio de pensamento resultaram em algo, em que ninguém quer ouvir minhas histórias e que me peçam para ser concreta, ser prática e falar de algo de forma sucinta ou melhor dito breve.
Há duas maneiras de contar uma história, a breve que em poucas palavras narra um fato e, claro, é a maneira de contar uma história em que há nestes casos, há personagens, há clímax, há uma explicação e o desenvolvimento da história, há drama, há ação, há aventura, há moral, não há conclusões do narrador. Essa é a maneira que eu gosto de contar as coisas, porque tudo está encadeado, tudo tem relevância na história, além de ser feitos desse evento que integral, minhas histórias é parte integrante da reflexão, são coisas que trazem intrigas, emoção, ou de suspense, uma história, jajajajaja, e não é porque eu inventei para dar ao leitor, a pessoa que ouve ou o espectador entretenimento imaginário, não, tem tudo a ver, ou foi algo que aconteceu.
Não entendo porque, então, agora já não querem me ouvir, já não querem ler essa anedotas que estão encadeados. E não só é o meu senhor, pai que me exige ser concreta, ah não, senhor, eu também tenho descoberto alguns de meus leitores, que parece ser também buscam essa simplicidade. Seguro de anos de ler minhas divagações agora podem parecer cansados e pesados, mas se imagina que a série do meu ser simples. Imagina se eu falasse de algo em menos de 100 palavras, você pode imaginar?
Seria algo como:
Já as pessoas não querem ouvir choros.
Esse seria o meu post ou a maioria dos meus post.
Sabe, uma vez eu li em um livro uma frase que se me gravou na cabeça, “assim que o escritor que gera mais palavras do que você precisa, está fazendo uma tarefa para o leitor que lê” e a partir desse momento, na minha cabeça ficou o trabalho de um escritor falar mais e melhor, mas claro, eu sou da escola de escritores que não gosta puxou de palavras e as leituras presuntuosas que de 60% do conteúdo, o leitor não entende nada porque o autor está usando uma linguagem “intelectual” em desuso.
Isso me parece pretensioso, bem, amo o espanhol e sua extensão, além de que eu posso usar muitas palavras para dizer uma idéia, mas outra coisa é o uso de palavras domingueras. Por isso, se você já me faz um abuso, jajajajaja, eu fiz isso de novo, eu começo a divagar.
Não vai me negar que as melhores conversas, falam de tudo e nada, com muitas divagações e muitas ideias.
Puts, como ele odiava falar com alguém que não sabe o que dizer e nessa conversa há muitos espaços vazios e silêncios desconfortáveis, porque a conversa é assim:
Pessoa random: Como você fez?
Tu: Bom
Pessoa random: Mmmmm
Tu: Como foi o seu livro
Pessoa random: Bom
Essas conversas que duram menos de 5 minutos, e em todo esse tempo você está pensando “puta merda, que pessoa tão clique chata é essa” e saltado a outra pessoa pensa o mesmo, pela incapacidade que tem o seu interlocutor para articular frases mais elaboradas.
Que, por certo, no meu trabalho como repórter fazendo entrevistas, essas pessoas são as piores, como entrevistados, porque eles são muito, muito chato, claro, a transcrição é muito simples, mas ninguém lê essas entrevistas que só dizem “ok” ou “bom”.
Contar uma história de forma concreta em que há apenas fatos, é chato, e isso acontece somente quando a pessoa que ouve, não se quer ouvir.
E assim eu passo ontem que estava contando eu a meu pai uma história, mas tinha que contá-la toda, porque isto é apenas vou ir a uma premier no domingo, o Passeio Acoxpa com Rene, meu irmão, deixava de fora de todo o contexto do que tinha acontecido, no qual há o drama, a paixão, a tragédia, jajajajaja, bem exagerada, mas é uma história interessante, gostaria de ouvi-la?, ou será que também prefere a versão curta?
Se você quer a curto, quer a leste, se quiser ouvir tudo só preste atenção.
Por que ninguém ouve minhas histórias?

Category: Uncategorized

Tenho muitas dúvidas, o que faço?

Ah, as dúvidas, e é que não se pode com elas, ou sem elas, mmmm, isto soa a um dilema moral, como o que geramos as mulheres que não se pode viver com muito menos sem nós, eu, eu acho que existem coisas na vida que são assim e não podemos fazer muito a respeito.
Isso acontece com as dúvidas, essas perguntas internas que nos fazemos de forma pessoal, como se uma espécie de voz em off na nossa cabeça, nos agobiara com aquelas perguntas que sempre evitamos responder, as quais lhes rehuimos toda a vida, mas a nossa voz interna que nos faz perguntar a essas dúvidas.
Acima de tudo, por noite, e para o nosso cérebro, não há melhor momento do dia, que mesmo quando tentamos dormir, é nesse momento em que o nosso locutor interno surge com essas perguntas que nos causam dor, que nos submergir e que nos intranquilizan, e são as famosas e mentadas dúvidas, aquelas que nos carcomen a alma.
Agora, pois, maldito seja que as dúvidas não nos assaltam em outro momento, já sabe, como quando você está sentando no caminhão vendo pela janela, esse sim é um momento ideal para tentar encontrar respostas, ou pelo menos a lógica desses questionamentos internos.
Tenho muitas dúvidas, o que faço?

Category: Uncategorized

Recomendações de todo o tipo

Se você estiver procurando por um site na web que lhe recomende como entreter, o que ver, onde comer, o que vestir ou que as coisas estão de moda, pois, óbvio, estas no lugar certo, porque, para aconselhá-la você tem a especialista em tecnologia, moda, gadgets, cinema, entretenimento, cultura, teatro e museus mais pedida da vida na capital, na Cidade do México, ou sease, mua, eu, a especialista em trivialidades do entretenimento e merolica profissional Yesica J. Flores, alias, Yes, pa da banda.
Não é que eu gosto, muito, de falar de mim na terceira pessoa, mas há momentos em que é necessário, como este, digo, quando se anda auto promovendo, para que o leiam, é parte de um princípio básico do marketing implementar todos os recursos que tem à mão para apantallar os outros e se tudo isso falhar, a estratégia final é guardar confetes nos bolsos para em momentos adequados tirá-lo, assedagem) ao ar, criar confusão e correr.
Mas, na realidade, não devo dizer-lhe minhas credenciais que me fazem confiável para a hora de as recomendações e dizer-te que ver, o que comer ou para onde ir, não fazem falta os meus choros e acho que o melhor é tirar a carta de “sou um inútil” isso me faz entrar no perfil de pessoas que dispõem de muito tempo para conhecer a cidade e visitar todos os lugares que ela existe para te dar a ti, e de forma regurgitada uma seleta, seleção, os melhores lugares para se divertir nesta cidade.
Recomendações de todo o tipo

Category: Uncategorized