Poderia morrer por você: bolo de chocolate

Se eu tivesse que dizer essas palavras, líquida, seriam por um bolo de chocolate, denso, rico e chocolatoso, diria sem pensar, para jurar uma eterna devoção e amor eterno.
Meu maior amor eterno, uma fatia de bolo de chocolate

Ok, ok, ok, eu sei, soa a expressão de alguém muito guloso, sem vida pessoal e até mesmo alguém de medidas grandes. Sim, sei bem que xingar a vida, o amor e a lealdade a um bolo de chocolate soa muito denso, inclusive para mim.
Ok, ok, ok, eu aceito, soa como um estranho meme da internet ou de uma de minhas palhaçadas para tornar claro um ponto, um sarcástico em que é preferível amar um bolo, que nunca vai te trair, me provocar, a fartar, colocar de más ou ignorar, ok, ok, ok, eu sei, cada pessoa fala de acordo como foi na feira, mas ultimamente e quando penso no amor, nas relações, e não só as minhas, mas de todos, eu sempre acabo concluindo duas coisas:
Poderia morrer por você: bolo de chocolate