Como funciona e como alugar um guarda móveis em Belo Horizonte?

imagem de um galpão com box self sstorage

Os imóveis estão cada vez menores e nem sempre sobra espaço para utilizar ou armazenar todos os móveis que possui. Em situações assim, há o risco de tornar a área intransitável e nada funcional.

Esse problema é mais comum do que muitos pensam, mas poucos sabem que existe uma forma simples de resolvê-lo, é só alugar um guarda móveis. A seguir, indicamos como funciona e como é a locação de um guarda móveis em Belo Horizonte. Confira!

 

O que é o guarda móveis?

A princípio, é fundamental saber o que é guarda móveis, exatamente. Trata-se de um serviço de armazenamento de móveis numa área específica da empresa, podendo ser em um espaço compartilhado ou exclusivo (opção esta que apresenta mais benefícios, prestada por empresas de self storage).

 

Como funciona o guarda móveis

Em empresas de self storage, o funcionamento do guarda móveis é simples! O cliente escolhe um espaço exclusivo, que também recebe o nome de box, e aluga o local.

Para fechar o contrato, normalmente basta apresentar um documento de identificação e realizar o pagamento inicial do serviço. Em seguida, a área já é liberada para uso.

Então, é só guardar seus móveis no espaço recém-alugado, trancá-lo e levar a chave ao ir embora, eliminando o acesso de terceiros ao conteúdo do box.

O acesso do cliente ao espaço locado é facilitado, podendo realizá-lo sempre que precisar, em períodos de atendimento da unidade.

Não necessita mais do serviço e quer finalizar o contrato? A suspensão é feita rapidamente e sem burocracias, sem pagamento de taxas que não sejam especificadas em contrato.

O pagamento pelo serviço normalmente é mensal e os preços tendem a ser mais atrativos do que outras soluções de armazenamento.

 

Quanto custa guarda móveis em Belo Horizonte

Afinal, quanto custa um guarda móveis em Belo Horizonte? O preço do serviço varia de acordo com o tamanho da área de armazenamento que pretende alugar. Caso seja grande, pagará mais.

Quer economizar no aluguel? Então, é importante seguir algumas dicas que ajudarão a reduzir o volume de móveis a serem armazenados.

Entre elas, destaque para a desmontagem dos móveis, bem como à seleção do que realmente deseja armazenar, diminuindo a quantidade de itens.

Para fazer essa seleção é simples: basta verificar se o móvel está em bom estado, se pode ser consertado e se pretende utilizá-lo nos próximos meses. Se a resposta for sim, mantenha a peça. Caso seja não, é melhor se desfazer dele.

 

Como alugar um guarda móveis em Belo Horizonte

O primeiro passo para alugar guarda móveis é buscar uma empresa de self storage em Belo Horizonte experiente, que tenha uma estrutura completa e ofereça box em diversos tamanhos.

Isso faz a diferença porque aumenta a qualidade do serviço e garante que conseguirá encontrar uma área num tamanho perfeito às suas necessidades.

Caso tenha dúvidas se o lugar que guarda móveis é realmente bom, busque referências da empresa e agende uma visita à unidade de self storage, o que possibilitará verificar pessoalmente como é a estrutura e atendimento da empresa.

Antes de fechar contrato, procure saber detalhes do serviço, como preços, formas de pagamento, horários de atendimento, como acessar o box, como é a segurança da unidade, entre outros detalhes, para garantir que está contratando um guarda móveis que lhe atende perfeitamente.

 

Como escolher o tamanho do box de guarda móveis

Uma dúvida muito comum de quem usa o serviço pela primeira vez é como escolher o tamanho do box de guarda móveis.

Curiosamente, isso é mais fácil do que muitos pensam! Para aumentar a possibilidade de acerto, deve-se considerar o volume de todos os móveis que precisa armazenar.

Quer aproveitar a área ao máximo? Então, desmonte todos os móveis que conseguir, para reduzir seu volume e conseguir guardar mais itens.

 

Dicas extras para armazenar em guarda móveis

Há quem pense que basta tirar os móveis do seu lugar original e deixá-los no box de self storage. Dá para fazer isso, mas não é a melhor prática porque há uma maior possibilidade de dano durante o transporte, descarregamento e guarda.

Recomenda-se fazer uma limpeza nos móveis, para remover sujeiras que podem provocar problemas difíceis de serem removidos, como manchas e mofo. Depois, deve-se embalar os móveis com plástico bolha.

Não possui esse material para embalagem? Cubra os móveis com um tecido mais grosso e resistente, formando uma camada de proteção sobre eles.

Dessa forma, o móvel não ficará suscetível a dano durante o transporte e armazenamento, preservando-os em perfeito estado por muito tempo.

 

Aluguel de guarda móveis em Belo Horizonte

A Guarde Mais tem as melhores soluções de self storage, disponibilizando guarda móveis em Belo Horizonte de excelência, com uma estrutura completa e segura para manter seus bens.

Além do guarda móveis, também disponibiliza guarda volumes em Belo Horizonte, sempre com qualidade elevada e preço atrativo. Conheça a unidade e contrate os serviços de self storage Guarde Mais!

COMO ESCOLHER UM VARÃO PARA CORTINA?

cortina com varão sala

Do clássico ao moderno, a presença de cortinas pode transmitir a ambientação que mais combina com o estilo de quem mora na casa ou apartamento. Além de cumprir o seu papel de proteger contra o excesso de luz e equilibrar o ambiente, as cortinas seguem como um bom decorativo.

Seja na sala, no quarto ou na cozinha, a sua presença é indispensável. E junto dela você deve escolher a forma como será instalada: varão ou trilho? Se for varão, qual o melhor recomendado para cada ambiente?

Vamos te responder essa e mais algumas dúvidas que podem surgir no caminho!

 

VARÃO X TRILHO

O trilho de alumínio que até um tempo atrás era comumente usado já está em desuso, dando lugar ao trilho suíço. Com um acabamento mais elegante, é recomendado para salas de TV ou jantar.

A instalação feita rente ao teto, pode dar um acabamento luxuoso e cheio de estilo, quando combinado com a cortina ideal. No entanto, é uma peça que depende de bandô ou um cortineiro para ter mais elegância, além de dificultar um pouco mais a limpeza tanto da cortina quanto do próprio trilho.

Já o varão para cortina pode estar presente em diferentes ambientes: seja em um mais sério, alegre, sóbrio ou íntimo. Tudo vai depender da composição do cômodo, da cortina que escolher e o tipo de varão que instalar.

Afinal, existem vários tipos de varão para cortina, com diferentes cores e acessórios que vão transmitir exatamente aquilo que você deseja!

 

DICAS PARA ESCOLHER VARÃO PARA CORTINAS

Cortinas para varão são feitas com ilhós, argolas ou passa barras, que tornam o modelo prático e ideal para quem dispõe de pouco tempo para cuidar do lar. Quanto mais praticidade hoje em dia, melhor!

Por isso, ao escolher o tipo de cortina que deseja, atente-se também ao modelo do varão. Existem três, que se encaixam em diferentes momentos. Confira:

  • Varão simples: embora possa ser adicionado em qualquer ambiente, com um tom cromado, amadeirado ou branco, a depender da sua decoração, pode combinar na sala de estar;
  • Varão de pressão: é um modelo de varão que não necessita furar a parede para instalar, e pode ser colocado na cozinha. Apenas se atente ao peso da cortina para ter certeza de que o varão é capaz de suportá-lo;
  • Varão duplo: pode ser uma boa pedida para o quarto, ainda mais se você optar por colocar uma cortina blecaute atrás e um tecido mais leve e suave na frente, podendo aplicar à composição amarras e argolas. Também pode ser usado na sala, para constituir um ar mais sofisticado.

É importante ficar atento à grossura do varão, uma vez que podem ajudar a montar o ambiente. Pense no design e no peso da cortina. Para o primeiro, o ideal para uma decoração mais rústica pode ser um varão com diâmetro maior, enquanto para decorações mais delicadas os varões mais finos são mais indicados.

No segundo caso, é preciso escolher um suporte ideal para o peso do tecido da cortina. Se for uma levinha, o varão mais comum dá conta do recado. Agora, se for uma cortina mais pesada, opte por um varão feito com um material mais resistente.

 

O melhor tamanho de varão

Embora haja um certo padrão das janelas, tudo vai depender de como é o seu ambiente e como você deseja deixá-lo. Por padrão, o varão pode chegar até seis metros de comprimento, e você deve escolher o tamanho adequado para a sua janela e ou parede.

Assim sendo, é preciso saber as medidas da janela para a escolha do melhor tamanho de varão. Por exemplo, o varão precisa ficar entre 10 e 20cm a mais de cada lado da janela. Agora, se pretende cobrir a parede, então o varão deverá ser praticamente do tamanho dela, deixando um espaço suficiente para colocá-lo e retirá-lo sem dificuldade.

 

Em qual altura deve ser instalado o varão

A altura ideal vai depender da instalação e do espaço que deverá ser coberto pela cortina. Em uma janela pequena, em que sobra bastante espaço da parede, a cortina deverá cobrir somente a janela de forma proporcional. Neste caso, o varão pode ficar 20cm acima da janela e de 10 a 20cm nas laterais e embaixo da janela.

Em uma janela grande, proporcional ao tamanho da parede, pode-se colocar o varão bem no alto, ao fim da parede, usando uma cortina longa, que chegue próximo do chão, sem arrastar.

Agora se o pé-direito for muito alto, pode ser instalado o varão entre a janela e o teto, escolhendo uma cortina que desça na mesma proporção, ficando entre a janela e o chão.

 

Acessórios para varão

Existem dois acessórios específicos: o gancho, que é para instalação, normalmente feito com buchas e parafusos, fixado acima da janela; e o a ponteira, que dá o acabamento nas extremidades do varão, que vão dar aquele toque simples, moderno e ou elegante.

Na hora de comprar varão para cortina, não deixe de escolher o acessório que mais vai se adequar ao design do cômodo escolhido e de boa qualidade!

Cinco habilidades essenciais para um Secretariado

Antes de iniciar o curso de secretariado é interessante pesquisar e conhecer um pouco mais sobre a área que será sua em um futuro próximo. E entre os pontos que podem ser pesquisados estão as habilidades essenciais para ser um bom profissional. Ou seja, o que o mercado de trabalho espera dos candidatos que se inscrevem para uma vaga específica do setor. Mas é claro, essas habilidades também serão melhor trabalhadas durante a faculdade de secretariado EAD ou presencial.

Então, vamos para as cinco habilidades essenciais para um secretariado. Não esqueça de anotar e comparar com o seu perfil profissional, combinado?

 

  1. Ser organizado

Essa é sem dúvida a primeira e mais importante habilidade para os formados no curso de secretariado. Afinal, esses profissionais podem ficar responsáveis, por exemplo, pela agenda de executivos. Dessa forma, é preciso manter tudo em ordem de forma organizada.

Entre as funções do secretariado também está participar de reuniões para anotar os temas discutidos e o que ficou acertado entre os empresários. Ou seja, mais uma motivo para ser organizado com as informações, afinal, em seguida, o profissional terá que enviar a ata da reunião para todos os envolvidos, acarretando em uma grande responsabilidade.

 

  1. Ser reponsável

Como já falamos anteriormente, os formados na faculdade de secretariado EAD ou presencial, podem adquirir entre outras funções, o trabalho de ficar responsável pela agenda de um executivo. E isso pode significar a participação em grandes congressos, palestras e reuniões. Por isso, é preciso ser muito responsável. Afinal, o empresário vai contar com o seu trabalho todos os dias.

 

  1. Ter boa comunicação e conhecimento da língua portuguesa

Se você quer seguir nessa área é imprescindível que tenha uma boa comunicação e grande conhecimento da língua portuguesa. Afinal, o secretariado pode ser o primeiro contato com clientes ou futuros clientes, então, é preciso passar informações claras e tirar todas as dúvidas que eles possam ter.

Além disso, o secretariado está sempre redigindo importantes e-mails e ofícios. Então, além de ter uma boa comunicação oral, também é importante não cometer erros de português na hora de escrever. Por isso, pode ser uma boa dica fazer um curso a parte da faculdade de secretariado EAD, para desenvolver melhor essa habilidade. Além de treinar constantemente e ter bastante atenção na hora da escrita.

 

  1. Ter domínio de outro idioma

E não é só a língua portuguesa que você precisa dominar não. Para se destacar na profissão e poder aumentar o leque de possibilidades de trabalho, o secretariado precisa ter domínio de um outro idioma, de preferência inglês ou espanhol, ou se conseguir, ambos.

Afinal, o profissional pode trabalhar também como intérprete em reuniões e encontros profissionais em que os empresários não falam a mesma língua. Também pode ser solicitado que o secretariado envie e-mails com mensagens em outro idioma. Então, a nossa dica é que além do curso de secretariado, você também procure por ensinamentos específicos da língua. Se você optar pelo inglês, por exemplo, é importante focar em vocabulário para negócios.

 

  1. Manter-se atualizado

E por fim, mas não menos importante, é necessário que o formado na faculdade de secretariado EAD ou presencial mantenha-se sempre atualizado. Aliás, durante esse texto já passamos algumas dicas de cursos extras além da faculdade. Também pode ser interessante procurar por uma pós-graduação ou MBA com estudos de um segmento em específico do secretariado. Dessa forma, você consegue um destaque ainda maior no setor.

E na hora de procurar por uma especialização, é importante levar em consideração dois pontos: o que está em alta no mercado e quais são as suas habilidades. Então, primeiro pesquise o que o mercado de trabalho espera desses profissionais, em qual setor há mais vagas e melhores oportunidades, vale também conferir a base salarial. Depois disso, coloque na balança quais são as suas habilidades, em qual segmento você se imagina trabalhando daqui alguns anos e o que gosta de fazer. Dessa forma, você conseguirá fazer uma boa escolha de especialização que vá agregar ao que já foi aprendido durante a faculdade de secretariado EAD ou presencial. Também pode ser interessante conversar com profissionais que já estão no mercado de trabalho, eles podem dar dicas essenciais de quem aprendeu na prática.

Quais os bairros mais seguros de Londrina?

Londrina é um dos municípios mais populosos da região Sul do país, apresentando boa infraestrutura de serviços e comercial. Alguns de seus bairros, inclusive, são referências pela segurança que oferecem aos seus moradores.

Está em busca de bairros seguros de Londrina para se mudar para a cidade? Então, confira a lista que preparamos, escolha o bairro que mais lhe agradar e veja dicas extras para reforçar a segurança de seu imóvel!

 

Bairros mais seguros de Londrina

Londrina conta com bairros que se destacam no quesito segurança, passando maior tranquilidade para seus moradores. Veja, a seguir, quais são esses bairros:

 

Gleba Palhano

O bairro Gleba Palhano é considerado um dos mais valorizados de Londrina, com fácil acesso a centros comerciais, hospitais e escolas, bem como às principais vias da cidade, facilitando a locomoção entre diferentes áreas.

Trata-se de um bairro em plena expansão imobiliária, o que significa que há boa oferta de imóveis residenciais como casas térreas e apartamentos, normalmente com preços atrativos.

 

Jardim Pinheiros

Bairro seguro considerado ideal para quem é estudante. O motivo é simples: é próximo ao campus da UEL (Universidade Estadual de Londrina) e da UNOPAR (Universidade do Norte do Paraná).

É um bairro jovem, por atrair mais estudantes. Possui rede robusta de comércio, além de fácil acesso às principais vias da cidade. Também chama a atenção por ser arborizado e tranquilo.

 

Jardim Inglaterra

Bairro nobre de Londrina, Jardim Inglaterra está na zona sul da cidade, ou seja, próximo a uma estrutura comercial completa, com ampla oferta de supermercados, farmácias, lojas, bancos, entre outros.

Também é famosa por abrigar bares e restaurantes para toda a família, bem como espaços de recreação e praças, garantindo opções de lazer e entretenimento.

 

Jardim Quebec

Para quem gosta de ter maior contato com áreas verdes, o bairro Jardim Quebec é uma excelente alternativa porque abriga o Vale do Córrego da Água Fresca, que é afluente do lago Igapó.

O bairro é seguro, está próximo do comércio em geral e tem acesso a uma das principais vias da região, a avenida Maringá. Mas, não é uma alternativa tão interessante para quem busca opções de lazer, já que há poucas no bairro.

 

Vila Ipiranga

O bairro Vila Ipiranga é o mais indicado para quem deseja estar próximo à região central, com ampla oferta de comércio, serviços e opções de lazer. Possui localização privilegiada, com acesso rápido às principais avenidas da cidade.

 

Jardim Bela Suíça

Bairro planejado que é um dos mais seguros de Londrina por um motivo: possui sistema de segurança privada, com monitoramento em pontos estratégicos. Além disso, seus moradores têm acesso rápido à estrutura comercial, tendo à sua disposição alternativas de bares, restaurantes, mercados e farmácias.

 

Como reforçar a segurança de seu lar em Londrina

Adotar medidas para reforçar a segurança de seu lar é uma excelente pedida para ter ainda mais tranquilidade no dia a dia. Uma delas é cercar o imóvel usando telas e grades Londrina.

Materiais como o alambrado e gradil Londrina são ótimos investimentos para cercamento, ajudando a construir uma barreira física difícil de ser rompida ou escalada. Se possível, combine a cerca com um sistema eletrônico e segurança.

Vagas para analista de TI. Onde encontrar?

profissional de ti

Se você está procurando por vagas de emprego em TI, mais especificamente para analista de TI, temos boas notícias. Essa área está carente de bons profissionais formados, por isso, há muitas oportunidades abertas no mercado de trabalho em todo o país. Então, para encontrar uma oportunidade na sua região e que tenha o seu perfil será bem mais fácil. O ideal é ficar atento as plataformas especializadas em vagas de empregos, em algumas delas, você pode criar filtros de cargos e ativar notificações para futuras oportunidades.

E se você já sabe tudo sobre tecnologia da informação, deve saber também que as vagas para analista de TI não são exclusividade de empresas de tecnologia. Afinal, atualmente, quase toda empresa utiliza a tecnologia para aprimorar seus produtos e serviços, por isso, o trabalho de um analista de TI se faz tão importante para esse desenvolvimento corporativo. E foi percebendo essa importância que as empresas começaram a contratar cada vez mais funcionários dessa área.

 

Mas o que faz um analista de TI?

Antes de procurar por vagas de emprego em TI, você precisa conhecer mais sobre o dia a dia de trabalho de uma analista de TI. Dessa forma, você saberá o que estará te esperando no mercado de trabalho, e também, poderá desenvolver melhor as habilidades necessárias, seja com pesquisa ou cursos relacionados, por exemplo.

Sendo assim, o analista de Tecnologia da Informação fica responsável por planejar, projetar e administrar as redes de computadores de uma empresa. Falando assim, pode parecer um trabalho fácil, mas é muito mais complexo do que você imagina, por isso, não há nenhum outro profissional que possa desempenhar essa função no seu lugar. É necessário levar em conta os requisitos do sistema, sempre especificando sua arquitetura e escolhendo ferramentas de desenvolvimento.

Para isso, é necessário um alto conhecimento em inglês, principalmente no vocabulário específico da área. Sendo assim, pode ser interessante para o aluno do curso de TI, ou até mesmo para o profissional formado, investir nesse conhecimento. Afinal, o idioma será muito utilizado no dia a dia de trabalho do profissional.

Entre as competências exigidas de uma analista de TI estão: contato direto com o cliente, comunicação clara e simples para que os demais funcionários possam entender, trabalho em equipe e saber desempenhar sua função sob pressão. Essas são as características profissionais que as empresas procuram na hora de contratar um analista de TI. Então, se você acha que não é tão bom em alguma delas, essa é a sua chance de trabalhar essa característica, melhorar e estar mais bem preparado para o mercado de trabalho. Afinal, como falamos anteriormente, há muitas oportunidades no mercado, mas só para quem sabe tudo sobre tecnologia da informação, ou seja, é preciso ter um grande conhecimento na área. Por isso, o processo seletivo para a contratação de analistas sempre é bem extenso e exige, além das entrevistas, testes práticos para avaliar o nível de conhecimento prático do profissional e saber se está de acordo com as necessidades da empresa.